sábado, 14 de novembro de 2015

Trip: Bem vindos a cotijuba!


Hellow peoples! 
Pra combinar com o final de semana que vem chegando, hoje temos o post sobre a viagem que fiz com o boy e uns amigos pra Ilha de Cotijuba no fds do feriado de finados (31/10 à 02/11). 
Primeiro, entendam onde fica a "Ilha de Cotijuba":

Imagem: Google Maps / A rota que a gente fez
Gente, me digam! Como pode uma pessoa morar bem perto de um lugar tão lindo, com uma vibe tão boa e não conhecer? Que absurdo! :O Pois é, essa sou eu! 
Já havia recebido zilhões de convites pra ir à Cotijuba, mas sério, ouvi em algum lugar que era super perigoso e talz e isso ficou tão forte na minha cabeça que não tinha quem fizesse eu ir jeito nenhum, apesar da vontade lôka que tinha de conhecer. Mas o boy recebeu um convite de um casal de amigos (Eric e Aline) para comemorar a 2° parte do niver da Mônica (amiga do casal) e acabamos endossando.
Fui pra lá sem saber nada sobre o local, então, depois que cheguei em casa fiz uma breve pesquisa pra saber um pouco mais sobre o lugar e descobri uma história muito lôka. 
Senta que lá vem história: Logo que Cotijuba foi integrada à Belém, a relação entre os dois lugares era apenas comercial, depois foi construído o Educandário Nogueira de Farias para abrigar menores infratores vindos de Belém e mais tarde passou a abrigar também presos políticos da ditadura. Pouco tempo depois se transformou somente em presídio e Cotijuba ficou conhecida como ilha-presídio. O Educandário foi desativado em 1977, depois que construíram o uma Penitenciária em Americano (existente até hoje no Pará).
Mas com o tempo, a ilha começou a chamar atenção dos veranistas virando ponto turístico e por fim, AGORA Cotijuba é uma APA (área de Proteção Ambiental) e adorei saber disso. Mais da história aqui.
P.S.:"Dizem as más línguas, que Magalhães Barata (ex governador do Pará), mandava jogar os presos na Baía antes de chegar à ilha (:O) e quem sobrevivesse estaria livre. Bom, eu não sei da verassidade dessa história, mas é o que o povo conta hihi." 
Imagem: Tirada daqui / Mapinha da Ilha de Cotijuba
Existem dois pontos de partida de Belém para a ilha. Um é de Icoarací que leva 40 min de viagem e o outro é do Ver-o-Peso (ponto turístico super famoso na minha cidade) que leva 1:40 min. Fomos pelo ver-o-peso e pagamos R$ 8,00 na passagem (super baratex). Saímos de Belém no sábado depois do almoço.
Logo que se chega ao porto de Cotijuba, a gente dá de cara com as ruínas do Educandário que mencionei mais acima e eu super tratei de tirar foto né?! Afinal, a arquitetura corre pelas veias hihi 


A condução dentro da ilha é feita através de tratorzinho/bondinho, charrete, moto ou bicicleta (tem mais imagens no vlog que fiz da viagem). Como eramos muitos, pegamos o tratorzinho, pagamos R$ 4,00 e fomos até o final da praia vai-quem-quer, depois de descermos do tratorzinho andamos mais um pouquinho e chegamos à casa que ficamos hospedados. Os donos da casa eram parentes da aniversariante (Mônica).

Tratorzinho/bondinho
O nosso point na praia foi a Pousada Nosso Paraíso (os donos da pousada, são parentes dos donos da casa em que estávamos hospedados). A pousada possui os fundos voltado direto para a praia e isso foi uma das coisas que mais gostei. Mas incrível mesmo foi saber a pousada possui wifiiiii, uhuuu o/ (Ôh dilíiiiiça! *.*).


No mesmo dia que chegamos, demos um pulo super rápidex na praia à noite. No domingo passamos o dia curtindo a praia vai-quem-quer e na segunda (feriado), é que fomos explorar um pouquinho Cotijuba - esse foi o dia mais legal do fds -. 
Como a maré estava baixa, saímos do final da praia Vai-Quem-Quer e fomos andando pela praia. Passamos pelas praias do Flexeiro e Funda. Essas últimas duas  são "quase desertas". Andamos muito pra achar à um barzinho que pudéssemos comprar algo pra beber. Apesar da longa caminhada, valeu muito a pena ver a paisagem maravilhosa do lugar *.*.




Levamos 40 min mais ou menos para ir e 40 min para voltar. Após essa caminhada intensa, não tinha como não dar um suuuper mergulho na volta hein (geralmente vou à praia e não tomo banho haha). Que delicia! *.*. Bom e depois dessa manhã explorando a ilha, almoçamos e voltamos para Belém super cansados, porém com as energias recarregadas.

Imagem: Pietry Couto (o boy) - por do sol na volta pra casa -.
Deus é muito maravilhoso! Sempre nos proporciona experiências tão boas e a gente nem se dá conta disso. Sacasó esse por do sol que presenciamos na volta. Me diz se Deus não é maravilhoso, gente?
Amei o passeio, amei conhecer pessoas novas, amei Cotijuba. Obrigada pela hospitalidade e carinho com que nos receberam, Mônica. Tua família é super adorável. Obrigada boy pelas fotos que tirastes!
Bom, espero que tenham se inspirado com o lugar e que tenham se enchido de vontade de conhecer. Eu garanto, vale muuuuito a pena.  Ps.: Já estou lôka pra voltar lá! (Ouviu, boy?! hihi)


BjoCas
Anddy Freitas
=*

P.S.: Obrigada à galera que mandou as fotos pelo whats: Mônica, Elí, Eric e Pietry.